(15) 99135-9851
(15) 99644-2943
0800-878-3353 - Ligação Gratuita 24h - Clínica Particular
Alcoolismo na adolescencia

Alcoolismo na Adolescência

Como o álcool afeta os adolescentes e jovens? E o que pode ser feito para evitar a relação entre adolescentes e o alcoolismo?

O uso de bebidas alcoólicas pelos jovens brasileiros está cada vez mais comum. Aumentando consideravelmente os riscos do alcoolismo na adolescência ou quando estes chegarem à idade adulta.

A fase da adolescência é um período do desenvolvimento humano, que envolve mudanças biológicas, cognitivas, emocionais e sociais, que tendem a acompanhar as pessoas ao longo da vida. Partindo desse princípio pode-se afirmar que se trata de uma etapa da vida extremamente importante para a construção do ser humano.

Neste período os jovens e adolescentes são constantemente conduzidos pelo impulso e pela curiosidade de conhecer e experimentar novas experiências. E por mais que a venda do álcool seja proibida por lei, para menores de 18 anos, a aceitação da sociedade pelo consumo do álcool e o fácil acesso, influenciam o consumo precoce dessas substâncias.

A relação do álcool com a diversão, status social, euforia e festas, levam os adolescentes ao consumo, que, ao sentirem a sensação de relaxamento causada pelos efeitos do álcool, passam a repetir a experiência. Entrando, assim, no ciclo de evolução da dependência alcoólica.

No entanto, o envolvimento entre jovens e álcool é muito mais perigoso do que o consumo na idade adulta e os danos podem ser maiores e permanentes. Ao lado você encontra dois dos principais riscos do alcoolismo entre jovens e adolescentes.

Problemas Sociais

O envolvimento de adolescentes com o álcool produz consequências desastrosas para toda a sociedade.

As mudanças no comportamento dos jovens podem lava-los a práticas e atitudes irresponsáveis, como o sexo inseguro e a violência sexual, dirigir alcoolizado, envolvimento em brigas e suicídio.

Danos Cerebrais

O consumo de bebidas alcoólicas na adolescência afeta a capacidade cognitiva, prejudicando o desenvolvimento do cérebro. Por consequência os danos cerebrais afetam o desempenho escolar e o relacionamento com as demais pessoas.

Como prevenir o alcoolismo na adolescência

Para evitar que cada vez mais os jovens e adolescentes se envolvam com as bebidas alcoólicas, as atitudes de prevenção se tornam tão importantes quanto as ações de contenção do alcoolismo nessa idade.

Compreender como os fatores externos contribuem para o hábito precoce de consumo do álcool é de extrema importância para que esses casos sejam evitados. O ambiente familiar, por exemplo, é um dos fatores de maior influência no comportamento e atitude dos jovens perante o álcool.

Enquanto um ambiente saudável e diálogos abertos podem prevenir e evitar o contato dos jovens com as bebidas alcoólicas, a falta de relacionamento ou atritos entre pais e filhos influenciam o consumo e aumentam os riscos de dependência.

Conscientização da Família

Para combater a má influência de amigos e da sociedade sobre o consumo do álcool a família precisa estar preparada para conscientizar o adolescente sobre os riscos do alcoolismo e também para lidar com o possível caso de dependência ou consumo já existente.

A reação da família diante desses desafios, pode colaborar para impedir ou influenciar o hábito de consumo do álcool entre os jovens.

 

 

Alcoolismo na Adolescência
4.5 (90%) 4 vote[s]

Estamos Online