(11) 93308-6265
(15) 99135-9851
0800-878-3353 - Ligação Gratuita 24h - Clínica Particular
clinica para álcoolatras

Clínica para Alcoólicos

A internação em clínica para alcoólicos é uma das opções mais eficazes de tratamento quando um indivíduo é diagnosticado com o alcoolismo.

Por isso o Grupo Recomeço tem como principal objetivo proporcionar a todos os alcóolatras uma reabilitação saudável, os melhores serviços de tratamento e a qualidade de vida da família.

Além de saber sobre a clínica, é de extrema importância que a família conheça os tipos de internação. Por isso abordaremos neste artigo um deles: a internação compulsória.

Como funciona a internação compulsória?

A internação compulsória é diferente da involuntária, pois há uma decisão judicial amparando a internação. Na involuntária, o alcoólatra é internado geralmente a pedido da família. Na compulsória, nem mesmo membros da família poderão intervir, pois existe uma determinação do juiz.

O principal benefício oferecido por este tipo de internação é resguardar a vida do dependente. Trata-se de um procedimento autorizado pelo juiz quando ele percebe, a partir das informações que lhe chegam, que o dependente representa um risco para si e para outras pessoas. E que, apesar disso, ele não reconhece estar doente. O magistrado enxerga o procedimento como uma forma de proteger a vida do alcoólatra.

Nesses casos, é comum que clínicas como o Grupo Recomeço façam a remoção do paciente, ou seja, retirem-no do local onde está e o levem para clínica, o que pode ser feito em uma ambulância ou em um carro descaracterizado. O importante é que há sempre uma equipe especializada acompanhando os procedimentos.

Após a internação, como é o tratamento?

Geralmente a primeira etapa é feita com internação em horário integral. A partir da evolução do paciente, passa-se às fases seguintes O tratamento começa com a desintoxicação, momento em que o dependente sofre com as primeiras crises de abstinência, quando o corpo dá sinais da dependência do álcool.

Acompanhados disso, são realizados exames médicos para verificar se a saúde do paciente está em ordem. Consultas com psiquiatras podem ser necessárias e sessões de terapias, individuais e/ou em grupo são frequentes.

Quando a equipe percebe que o dependente começa a apresentar melhorias e já se sente seguro para iniciar seu retorno ao seio familiar, é possível passar apenas parte do dia na clínica. Assim o tratamento evolui para a completa alta do paciente de acordo com o acompanhamento da equipe.

 

Estamos Online