Como convencer um alcoólatra a se tratar?

como convencer um alcoólatra a se tratar?

É bem provável que se você está lendo esse artigo, tenha problemas com o alcoolismo em sua família ou com alguma pessoa bem próxima. E sem dúvidas você gostaria muito de saber como convencer um alcoólatra a se tratar. Continue a leitura que neste artigo vamos te ajudar a lidar com esta situação.

Algo interessante de se pontuar é que se você quer convencer alguém de algo, não apenas convencer um alcoólatra a se tratar, mas convencer sobre qualquer coisa, você precisa se convencer em primeiro lugar.

Isso quer dizer que você precisa entender o que é o alcoolismo e que de fato este é um problema sério, que precisa ser resolvido com a ajuda de profissionais.

Dizemos isso porque muitas pessoas que convivem com alcoólatras não entendem ao certo o que acontece. Não têm a consciência de que eles (os alcoolistas) são dependentes da bebida. Alguns podem confundir a dependência alcoólica com o simples prazer de beber. Mas são coisas bem distintas.

Uma pessoa que gosta de beber, mesmo que em grande quantidade, não é necessariamente um dependente alcoólico. O problema está justamente quando a pessoa não consegue ficar muito tempo sem ingerir algum tipo de bebida alcoólica. É por isso que nas propagandas costumamos ver ou ouvir a frase “beba com moderação”, afinal, um alcoólatra não surge de um dia para o outro. Para alguém se tornar dependente, antes, precisa ter um contato constante e abundante com o álcool.

Portanto, o que queremos dizer é que você precisa antes de mais nada conhecer a pessoa que você quer ajudar e constatar se de fato ela é alcoólatra ou não. E então depois, convencê-la a se tratar.

 

O que você precisa fazer para convencer um alcoólatra a se tratar?

o que fazer para convencer um alcoólatra a se tratar? Tendo consciência de que o alcoolismo é uma doença e de que a pessoa que você quer ajudar de fato é um dependente alcoólico, o próximo passo é convencê-la de que precisa de ajuda. Mas como? Você precisa conversar com a pessoa para tentar convencê-la, claro, mas antes disso é bom planejar a conversa.

É preciso tomar muito cuidado com o que você vai dizer. Jamais tenha uma conversa no tom de acusação, por mais que o alcoolista tenha te prejudicado de alguma forma, colocar a culpa nele ou nela não vai ajudar em nada.

Outra coisa é conversar num momento em que o alcoolista esteja sóbrio, sem ter consumido nenhuma bebida alcoólica para que a conversa seja proveitosa. De preferência, escolha um lugar tranquilo, onde esteja somente você e a pessoa e que as chances de haver alguma interrupção sejam praticamente nulas.

É bem comum que o alcoolista não queira conversar sobre o assunto nas suas primeiras tentativas. Procure deixá-lo à vontade, e sempre demonstrar real preocupação e de que realmente você quer ajudar. Se mesmo assim ele ou ela não quiserem falar sobre o assunto no momento, não insista e evite conflitos desnecessários, porém, faça outras tentativas.

Tenha sempre muita paciência, empatia e perseverança que você conseguirá convencer um alcoólatra a se tratar.

O Grupo Recomeço é especialista no tratamento de alcoólatras e sem dúvida pode ajudar você que enfrenta problemas com alcoolismo na família. Entre em contato conosco para saber mais detalhes.