(11) 93308-6265
(15) 99135-9851
0800-878-3353 - Ligação Gratuita 24h - Clínica Particular

Clínica de Recuperação de Drogas

Clínica de recuperação de drogasAs drogas são consumidas desde os primórdios da história humanidade.

Civilizações antigas e tribos indígenas tinham o costume de consumir plantas psicotrópicas como coca, ópio e maconha que eram utilizadas em rituais religiosos, cura de doenças e alívio da fome, entre outros fatores culturais e sociais.

A maconha, por exemplo, tem suas primeiras referências na Ásia Central, com data de 12.000 a.C. segundo os arqueólogos.

Na Índia, já haviam descoberto que a droga causava euforia por volta de 2000 a.C. A maconha era usada para estimular o apetite, induzir o sono e curar doenças venéreas.

Com a evolução da humanidade, as drogas também evoluíram e, além do consumo de drogas de origem natural como cocaína, álcool e a maconha, surgiram as drogas “fabricadas” pelo homem com componentes químicos não encontrados na natureza, como é o caso do ecstasy, LSD e a heroína. Estas são as chamadas drogas sintéticas.

No começo dos anos 1920, estima-se que já haviam 100.000 usuários de drogas no mundo e de lá para cá, este número já passa dos 3,5 milhões.

Praticamente o mundo inteiro sabe que o abuso do consumo de drogas é muito perigoso e prejudicial à saúde, causando diversos males ao próprio consumidor e também direta ou indiretamente para seus familiares.

O que muitas pessoas desconhecem é o importante trabalho que uma clínica de recuperação de drogas têm no combate a dependência química.

E você, sabe qual o papel de uma clínica de recuperação de drogas? Quais os profissionais que lá trabalham e qual o função de cada um? Continue a leitura e descubra as respostas para estas perguntas!

Clínica de recuperação de drogas: quem trabalha lá?

Uma clínica de recuperação é sem dúvidas a melhor opção para que um dependente químico ou alcoólatra possa iniciar seu tratamento.

A clínica de recuperação geralmente é um local isolado, longe de grandes centros, tranquilo, com o objetivo de ajudar o paciente a se concentrar em sua reabilitação. Ela conta com o apoio de profissionais que pertencem a diversas áreas e que juntos têm o objetivo de otimizar o tratamento e recuperação do dependente químico. Veja alguns deles e qual a função de cada um:

  • Psicólogo: quando um dependente químico chega na clínica de recuperação, um dos papéis do psicólogo é descobrir qual foi o motivo que levou o paciente a usar drogas, daí então trabalhar na melhor forma de ajudar no processo de recuperação . Além disso, o psicólogo tem a função de ajudar o paciente a evitar uma recaída, após sua desintoxicação.
  • Psiquiatra: Nem todos os pacientes conseguem ser curados sem o uso de medicamentos. Sem falar que alguns desenvolvem outras doenças como a depressão, ansiedade ou esquizofrenia. Neste caso o psiquiatra é essencial para receitar medicamentos que irão ajudar o paciente em sua reabilitação.
  • Nutricionista: Dependendo do caso, um dependente químico chega a clínica de recuperação com o corpo debilitado, ou então durante sua desintoxicação, o paciente pode perder muito peso. Neste caso o nutricionista prescreve uma dieta balanceada que o ajudará a recuperar sua saúde e prosseguir com o tratamento.
  • Enfermeiro: Assim como em um hospital comum, o enfermeiro tem o objetivo de sempre ficar atento ao dependente químico em seu processo de recuperação. Juntamente com o médico, o enfermeiro é responsável por dosar e acompanhar medicações.

Estes são apenas alguns dos profissionais que trabalham na clínica de recuperação de drogas.

Se você conhece alguém que esteja sofrendo com a dependência química ou alcoolismo e quer ajudar esta pessoa, entre em contato com o Grupo Recomeço. Agende uma visita e venha conhecer nossas instalações e nossos profissionais.

Possuímos mais de 20 anos de experiência ajudando famílias a terem uma vida mais feliz e saudável, longe dos males que a dependência química pode causar.

Estamos Online